10 razões para proibir equipamentos eletrónicos a crianças até aos 12 anos

Cris Rowan, terapeuta pediátrica, conferencista e escritora, alerta para os perigos do uso excessivo deste entretenimento no Huffington Post

As crianças entre os 0 e os 2 anos não deviam ser expostas a equipamentos eletrónicos de qualquer género. Este é o conselho da academia norte-americana de pediatras e da sociedade canadiana de pediatria, citadas porCris Rowan, terapeuta ocupacional pediátrica, conferencista e escritora, num artigo publicado no Huffington Post.

Já as crianças entre os 3 e os 5 anos devem ter contacto com telefones móveis, tablets ou jogos eletrónicos apenas uma hora por dia, e dos 6 aos 18 anos, duas horas por dia, no máximo.

Segundo a Kaiser Foundation e Active Healthy Kids Canada, citadas por Cris Rowan, as crianças e jovens usam estes equipamentos quatro a cinco vezes mais do que o tempo aconselhado.

Ler aqui o artigo na íntegra.

A especialista e autora de vários livros, entre eles o “Virtual Child”, apresenta 10 razões para os pais seguirem as recomendações, que destacamos aqui. E recorre a fontes científicas para as sustentar.

1. Crescimento do cérebro. Até aos 2 anos o cérebro das crianças triplica de tamanho e continua a crescer rapidamente até aos 21. Este desenvolvimento acontece por estímulo ambiental ou a falta dele. Estudos mostram que o desenvolvimento causado pela exposição excessiva a tecnologias pode gerar défice de atenção, atrasos cognitivos, aprendizagem deficiente, aumento da impulsividade e diminuição do auto-controlo, resultando em birras.

2. Atraso no desenvolvimento. Como os equipamentos tecnológicos limitam os movimentos, a consequência é o atraso no desenvolvimento físico das crianças, com impacto negativo no desempenho escolar.

3. Obesidade. Excesso de televisão e jogos vídeo estão relacionados com a obesidade. Uma criança que tenha um destes equipamentos no quarto aumenta em 30% o risco de sofrer de obesidade e todas as doenças associadas, como a diabetes.

4. Privação do sonho. Cerca de 60% do pais não controla o uso da tecnologia pelos seus filhos, e 75% estão autorizadas a ter equipamentos no quarto. Estudo do Boston College (2012) refere que 75% das crianças entre os 9 e 10 anos tem privação de sono, com impacto negativo no desempenho escolar.

Fonte: DinheiroVivo

loading...

About Mãe

Mãe de um Filho (após passar por alguns tratamentos de fertilidade). Tenho tentado superar todas as fases da maternidade com tranquilidade e procurando sempre tirar todas as duvidas que surgem e aprender um pouco mais.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*