Toxoplasmose e Gravidez

O que é?

  •  A Toxoplasmose é uma doença infecciosa, causada pelo Toxoplasma Gondii. 
  • É também conhecida pela “doença do gato”, já que o gato é o principal hospedeiro. A doença transmite-se a partir dos dejectos do gato, onde são libertados os oocitos (ovos) que são causadores da infecção;
  • Provavelmente está a pensar “mas eu não tenho contacto com gatos, portanto não há a possibilidade de ter Toxoplasmose”. Errado. Há que ter atenção a todos os alimentos, objectos e outros animais que poderão ter estado em contacto com dejectos do animal.

Formas de transmissão:

  • Ingestão de alimentos contaminados: p.ex. Alface, morangos, carne mal passada, etc
  • Manipulação de objectos contaminados: Fezes gato, terra, plantas, etc

Como evitar/cuidados na gravidez:

  • Lavar e desinfectar todos os alimentos;
  • Se tiver gatos, evite manusear e limpar a areia. E se o fizer use sempre luvas. Evite também aspirar a areia do gato;
  • Se tiver gatos, não permita que os gatos cacem outros animais (ratos, pássaros, etc). Evite também alimentar os gatos com carne crua. Opte por alimenta-los com ração e comida enlatada;
  • Consumir apenas leite pasteurizado;
  • Não consumir carne crua ou mal passada;
  • Não consumir água de origem desconhecida e/ou duvidosa, e se o fizer, ferva a água antes de a consumir;
  • Manusear a carne crua sempre com luvas;
  • Lavar todos os objectos e locais que estejam em contacto com carne crua: facas, tábuas de cortar, bancada, etc
  • Usar luvas sempre que mexer em terra (jardinagem);
  • Evite roer as unhas;
  • Lave as mãos várias vezes ao dia.

Quais os Sintomas:

  •  A Toxoplasmose, na maioria das vezes, não apresenta sintomas. No entanto os sintomas que eventualmente poderão surgir, são idênticos aos de uma gripe (febre ligeira, mau estar, etc)

Quais os riscos de contágio para o feto?

  •  Aborto
  • Mal formação fetal
  • Lesões oculares
  • Encefalite

Outros aspectos a ter em atenção/curiosidade:

  • Se é imune à Toxoplasmose significa que já contraiu a doença anteriormente, no entanto, deve sempre manter estes cuidados a fim de evitar uma reincidência;
  • O primeiro trimestre é o período mais crítico quando se  fala em Toxoplasmose;
  • A probabilidade de contágio é muito pequena. No entanto, em caso de contágio, o risco para a saúde do seu bebé é demasiado alto (principalmente numa fase inicial da gravidez);
  • Deve realizar análises pré natais a fim de verificar a imunidade à Toxoplasmose,
  • Durante a gravidez deve realizar análises, no mínimo três vezes, a fim detectar a doença – uma vez por trimestre.
loading...

About Mãe

Mãe de um Filho (após passar por alguns tratamentos de fertilidade). Tenho tentado superar todas as fases da maternidade com tranquilidade e procurando sempre tirar todas as duvidas que surgem e aprender um pouco mais.

One comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*